Palestrante motivacional e comportamental, Consultora de marketing e treinamentos, Empresária, Escritora, Especialista em iDeias sobre a arte de seduzir
« voltar

Truques do cinema para esquecer na hora do sexo

O cinema é sempre um reduto de cenas lindas e maravilhosas, ainda mais quando o assunto é sexo. Porém, nem sempre aquelas cenas coreografadas são o que aparentam ser, e por isso o cuidado deve ser redobrado quando quisermos uma inspiração cinematográfica.


Quem nunca ficou curioso para testar uma nova posição ou novas ideias que viu em uma cena de filme? É muito comum que os casais tentem reproduzir algumas cenas famosas no seu momento de prazer, porém, é necessário muito cuidado para que esses novos truques não gerem problemas ou desconfortos. Hoje irei apresentar 6 cenas que parecem uma boa ideia, mas que na verdade podem se tornar uma grande roubada.



Imagem: Shutterstock


1. 9 1/2 Semanas de Amor

 

Nesse filme, em uma determinada cena, os atores usam alimentos e também o gelo durante o sexo. Porém é preciso ter cuidado ao usar o gelo: antes de iniciar as brincadeiras com ele, tire-o da geladeira um pouco antes e use-o quando estiver derretendo, pois o contato do gelo em seu máximo estado de solidificação com a pele pode ocasionar sérias queimaduras. Uma iDeia é fazer a sensação de geladinho com aqueles óleos refrescantes que podem ser encontrados em sex shops, ou então, fazer o gelo com eles... isso mesmo... coloque o óleo na forminha e deixe solidificar no freezer. Devido à textura e composição do óleo ele não queima a pele mesmo estando bem gelado. Além disso, ao voltar ao estado líquido voltara a ter a propriedade de aquecer ao ser esfregado na pele (um contraste pura delícia).  

 

2. Striptease

 

No famoso filme Striptease, com Demi Moore, há uma cena em que ela realiza um striptease em cima de uma mesinha de centro desfilando toda sua sensualidade. Porém nós sabemos que essas mesinhas são frágeis e que dificilmente aguentariam o peso de uma mulher dançando em cima delas, por isso, antes de jogar todo seu poder de sedução, certifique-se do lugar que irá realizar o striptease para não transformar o momento de prazer em uma vídeo cassetada.

 

3. Último Tango em Paris

 

Esse filme é um pouco mais antigo, porém nele há uma cena em que o ator principal usa manteiga para fazer a lubrificação antes da penetração, algo que definitivamente não deve ocorrer na vida real, pois esses improvisos de “lubrificantes” caseiros assim como introdução de acessórios ou objetos não criados para essa finalidade, podem ocasionar sérios problemas para a pele e regiões íntimas tanto do homem quanto da mulher, principalmente irritação, fissuras e alergias.

 

4.  Mata-me de Prazer

 

As famosas amarrações no momento de prazer sempre deixam o sexo ainda mais gostoso. Em Mata-me de Prazer, quando o casal está nas preliminares em uma cabana, o homem começa a amarrar a mulher com alguns tecidos, passando o pano por várias partes do corpo, inclusive em volta do pescoço. Conforme o sexo acontecia, ele apertava ainda mais as amarrações, aumento o prazer de forma absoluta daquele momento. Mas isso pode ser extremamente perigoso: se não for feito com cuidado e com absoluto conhecimento da técnica, pode sufocar e machucar gravemente a parceira.

 

5. Instinto Selvagem / 50 Tons Mais Escuros

 

Em ambos os filmes existe uma cena em que a mulher tira a calcinha no restaurante de maneira sutil, por debaixo da mesa e entrega para o seu parceiro. Na prática, aquela facilidade é um belo de um truque, sabia? Quem já tentou fazer isso na vida real sabe que para tirar a calcinha sentada, no mínimo seria necessário levantar a saia até a altura do quadril, dar uma leve levantada no bumbum, para então fazer o movimento de retirar a calcinha do quadril  e descer com ela até retirar totalmente. Não é impossível mas certamente não será como nos filmes e exige treino! Uma dica para facilitar é usar uma calcinha de lacinho pois ao desamarrar, basta puxá-la para frente. Ou então, ir até o toilet e já voltar sem a calcinha. Finge que tira e entrega para seu amor!

 

6. 50 Tons Mais Escuros

 

Em outra cena de 50 Tons Mais Escuros, o famoso Christian Grey introduz na região íntima de sua parceira, duas bolinhas cromadas (ben-wa) e eles partem para uma festa. Usar as bolinhas realmente pode dar muuuuito prazer para a mulher pois ao se mover elas funcionam como vibradores dentro da vagina, fazendo a musculatura  ter contrações involuntárias causando sensações deliciosas, porém é preciso alguns cuidados: é fundamental que a parceira esteja totalmente lubrificada e que se forem para algum lugar externo controlem o tempo, pois se ficarem por muito tempo no local, essa lubrificação íntima acaba e o contato das bolinhas com a pele seca pode machucar a região íntima e causar muito desconforto especialmente na hora de retirá-las.

 

É muito importante salientar que esses filmes despertam a curiosidade de homens e mulheres, porém como vocês podem ver, nem tudo é maravilhosamente perfeito no mundo real. Um Christian Grey dominador e sádico pode ser instigante no cinema mas imagine você nua, amarrada, vendada e algemada à mercê de uma homem que pode não entender assim tão bem do babado, não saber dosar a intensidade dos toques (ou tapas) e ainda, não saber controlar seus instintos na hora do prazer e acabar exagerando na dose sem ao menos prestar atenção ao seu pedido de Pare!

 

Curtir jogos sensuais a dois é tudo de bom! Tente, Invente, Ouse, Aproveite a delícia de curtir novas ideias a dois. Seu relacionamento precisa de doses de ousadias para continuar vibrante. Mas sempre lembrando que aqui no mundo real as coisas quebram, a pele sente e nem tudo é tão fácil quanto parece!

 

Beijokas,

Andreia Berté.